sexta-feira, 27 de março de 2009



Gisele sem C&A, sem Victoria’s Secret, sem Colcci

Calma, o contrato dela com a Colcci não acabou! Ela virá mais uma vez por aí colocando todos os fotógrafos atrás dela. Fora isso – quero falar sobre imagem e cultura de moda no Brasil. Os franceses criaram um modo de vestir, um modo de comercializar e lançar moda; o Brasil jovem país que é, a pouco tem se mostrado no mundo todo. Hora de arriscar? Bem, mais que vender precisamos criar nosso imaginário fashion, nossas referências ainda não tão amadurecidas – mas vamos com calma. E se pensarmos que Maria Antonieta já era ícone fashion... É um longo caminho a seguir! É que me indago sobre estes caminhos quando vejo a imagem de Gisele na revista Numéro – longe do que se tornou habitual vê-la, clichê – mas incorporando novamente imagens fortes, ousadas, reveladoras. Algumas revistas internacionais como a Numéro sempre contribuem para nos inspirar.

Acho que ir além não faz mal a ninguém... e mesmo com crise fico sempre com quem deve ousar. Para terminar a frase de Alexander McQueen:A crise não é culpa minha. Tenho que ser quem eu sou.

Vale a inevitável crise... mas crise de identidade será que vale?

http://www.numero-magazine.com/

Nenhum comentário: